Em uma dessas viagens com vários profissionais do mercado de arquitetura e decoração que conheci o arquiteto Flávio Franco, pessoa muito simpática e competente. Ele atua como arquiteto e também como designer de mobiliário. Foi conversando que descobri um pouco sobre o seu trabalho e pensei em compartilhar com vocês a visão dele sobre o design brasileiro.

Quem é Flávio Franco?

Flávio Franco nasceu em Teresina, em 1974. Desde a infância já sabia que a arquitetura e o design fariam parte da sua vida. Com 15 anos já fazia maquetes de suas criações. Em 2000, graduou-se pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo de Pernambuco (FAUPE).

Trabalha com projetos comerciais, residenciais e corporativos. Suas peças têm design marcante, traços elegantes e que desafiam a resistência e estrutura dos materiais. Em 2013, lançou sua primeira linha de mobiliário, tendo uma ampla aceitação pela mídia especializada.

Foi convidado a participar de várias exposições no Brasil e também em países como Itália e Inglaterra. Levou prêmios como o Internacional Property Award (Inglaterra), a Award Design (Itália) e o Good Design Award (Estados Unidos).

Conversei com ele justamente sobre um evento muito bacana que aconteceu em São Paulo entre os dias 12 a 16 de agosto último: a 4ª edição da Design Week. Infelizmente não pude ir, mas não poderia perder a chance de compartilhar com vocês as observações desse amigo.

Design Week 2015

Supérfluo Necessário: Flávio, conta para a gente o que é a Design Week?.

Flávio Franco: Design Week é uma semana na qual lojas e fábricas de São Paulo montam exposições e lançam novos produtos de design dos mais variados segmentos. Esse evento foi inspirado nas semanas de design que ocorrem ao redor do mundo, principalmente em Londres e Milão. Acho que o evento vem crescendo substancialmente ao longo dos anos. Na última edição a cidade estava agitada por causa dos inúmeros eventos que iriam acontecer, além disso a mídia deu total apoio ao Design Week, informando a população sobre tudo que iria acontecer.

Supérfluo Necessário: Como foi o sua participação mais direta no evento?

Flávio Franco: Esse ano participei do Projeto DINBOX, ou design na caixa. Deveria ser criada uma peça que coubesse em uma caixa de acrílico de 20×20 por 25cm de altura, uma edição limitada de apenas 30 unidades. Vários designers foram convidados a participar. O lançamento foi um sucesso.

cópia de IMG_5060

Din Box de Flávio Franco

cópia de IMG_5059

Supérfluo Necessário: Qual a importância desse evento para o mercado brasileiro?

Flávio Franco: Esse evento tem uma tarefa muito importante: despertar o grande público brasileiro para o design. As pessoas aqui ainda não sabem o valor de uma peça assinada, precisam conhecer melhor o que é design e o quê estão comprando.

Poltrona Baralho

Poltrona Baralho

Banco Assis

Banco Assis

Abajur arco

Abajur arco

Eu acho maravilhosas essas inciativas e fico muito feliz com a proporção que o evento ganha a cada ano, mais importante ainda é valorizar o nosso design, tão rico culturalmente, mas pouco explorado de forma mais democrática.

E vocês consomem design de forma consciente? Vocês consideram o design um item importante no momento de adquirir um produto? Compartilhe sua opinião conosco.

Agenda:

Justamente hoje, dia 03 de setembro, o Mercado Brasileiro abre a exposição TRAÇOS por Flávio Franco, na Rua Saddock de Sá, 207 Ipanema. Fica a dica para quem estiver no Rio de Janeiro.