Já tinha lido que a sede da Fundação Iberê Camargo, em Porto Alegre, é “quase uma escultura” e que sua edificação, cujo projeto arquitetônico é de Álvaro Joaquim Melo Siza Vieira, favorece a relação direta entre o espectador e a obra de arte ali exposta. Isso aguçou minha curiosidade e me fez ter vontade de passar por essa experiência. Não poderia passar pela capital do Rio Grande do Sul sem fazer essa visita tão especial.

Durante 13 anos, a Fundação Iberê Camargo teve como sede a casa onde o artista viveu e manteve seu ateliê, na zona sul de Porto Alegre. Em maio de 2008, a instituição inaugurou sua nova sede, primeira edificação do português Álvaro Siza no Brasil, um arquiteto que tem como característica a busca pelo novo. Na Fundação, as pinturas, gravuras, desenhos, esculturas, instalações, vídeos e outras obras estão pelas nove salas de exposições distribuídas ao longo de três pavimentos, onde luz, movimento e espaço são explorados com maestria.

A Fundação Iberê Camargo é a primeira no Brasil a utilizar concreto branco aparente, armado em toda a sua extensão, a construção não utiliza tijolos ou elementos de vedação. Além do impacto plástico, o material oferece alta durabilidade e baixa manutenção. O projeto também é ambientalmente responsável. Visando a recuperação da paisagem original existente nas encostas do terreno, o consumo de energia é baixo, a água da chuva é reutilizada nos banheiros e uma pequena estação de tratamento de efluentes cuida dos resíduos sólidos e líquidos no próprio local. A água resultante do processo serve para regar a vegetação.

Premiado, o trabalho do português Álvaro Siza já levou o Leão de Ouro da 8ª Bienal de Arquitetura de Veneza, um dos mais importantes eventos da área. Projetada de acordo com padrões internacionais, a edificação segue rígidas normas de conservação e segurança das obras. Além de apresentar os trabalhos de Iberê Camargo e de outros grandes nomes da arte brasileira, nos últimos anos a Fundação realizou mostras em conjunto com instituições de renome, como o Museu de Arte Moderna de Nova York (MoMA). Uma credibilidade ímpar no meio das artes.

Mas ali nada é por acaso. Com o objetivo de ser um centro difusor da arte moderna e contemporânea, a Fundação funciona como um centro cultural em que são realizados mostras temporárias, seminários, palestras e estudos sobre a produção artística atual.

Arquiteto Alvaro Siza Fonte: Gazeta do Povo

Arquiteto Alvaro Siza
Fonte: Gazeta do Povo

Álvaro Siza

As exposições das obras de Álvaro Siza circulam pelo mundo e já foram vistas na Bienal de Veneza, na Trienal de Milão, no Centro Georges Pompidou em Paris e no Museu de Arquitetura de Helsinki.

Siza participou ativamente de algumas das operações arquitetônicas mais importantes do mundo, como a Olimpíada de Barcelona e a Expo 98, de Lisboa. Também integrou a equipe que recuperou o Chiado, centro histórico de Lisboa destruído por um incêndio em 1998.

Hoje, é considerado um dos mais importantes arquitetos contemporâneos do mundo, e tem obras de sua autoria espalhadas por toda a Europa – como o Museu Serralves, na cidade do Porto, e o Centro Galego de Arte Contemporânea, em Santiago de Compostela.

ibere-camargo-pintor-artista-plastico

Iberê Camargo Fonte: revistaescola.abril.com.br

Quem foi Iberê  Camargo

O trabalho deste artista sempre me fascinou. A visita a Fundação apenas ratificou essa admiração. Trata-se de um dos grandes nomes da arte brasileira do século 20. Autor de uma obra extensa, que inclui pinturas, desenhos, guaches e gravuras, deixou um acervo de mais de cinco mil peças, cuja coleção compõe hoje o acervo da Fundação Iberê Camargo. Iberê conquistou inúmeros prêmios e participou de diversas exposições internacionais, tais como Bienal de São Paulo, Bienal de Arte Hispano-Americana em Madri, Bienal de Veneza, Bienal de Gravuras em Tóquio, entre outras exposições importantes. Um dos temas recorrentes em sua pintura eram os Carretéis, brinquedos que remetiam a sua infância. Duas de suas séries mais conhecidas foram as Idiotas e os Ciclistas.

Bolsa  Iberê  Camargo

Destinada a jovens artistas de todo o Brasil ou estrangeiros residentes há mais de cinco anos, a Bolsa Iberê Camargo oferece a chance ao interessado desenvolver um projeto durante dois meses na Casa de Velázquez, em Madri, na Espanha; na Kuenstlerhaus Bremen, na Alemanha; ou trabalhar no Ateliê de Gravura da Fundação, pelo programa Artista Convidado, durante duas semanas. Ficou interessado? Trata-se de uma oportunidade e tanto. Procure se informar a respeito!

premio_leaoouro_siza_04

Vista Externa Fonte: Fundação Iberê Camargo

predio

Vista Externa Fonte: Fundação Iberê Camargo

20151023_131012

Vista Externa

IMG_9981

Vista Externa

IMG_9975

Vista Externa

20151023_131021

Vista Externa

IMG_0063

Vista Interna

20151023_132814

Vista Interna

predio 2

Vista Interna

20151023_135803

Vista Interna

IMG_0050

Detalhe: Abertura

20151023_133833

Vão de Arbertu

IMG_9996

Vista Externa

IMG_9978

Circulação de acesso aos pedestres aos pavimentos

IMG_9982

Abertura na cobertura da circulação de acesso aos pedestres aos pavimentos

IMG_9995

Detalhe de Vão de Abertura

SERVIÇO:
Fundação Iberê Camargo
Endereço: Avenida Padre Cacique, 200, Porto Alegre
Telefone: +55 51 3247-8000
E-mail: cultural@iberecamargo.org.br e site@iberecamargo.org.br
Endereço eletrônico: http://www.iberecamargo.org.br