Nova Iorque é uma cidade incrível e como diz Frank Sinatra: é uma cidade que nunca dorme.

Na minha opinião, é uma das cidades que vale a pena você ir várias vezes, conhecê-la nas quatro estações, pois a paisagem muda completamente, há diversidade de lugares, restaurantes, museus, espetáculos e para quem gosta de fazer compras não precisa nem dizer que as melhores grifes do mundo estão lá na 5ª Avenida.

A cidade respira arquitetura e design e para nós da área isso é fascinante. Olhar o Central Park – um volume verde em meio à selva de pedra com seus arranha céus – ou entrar na loja da Apple da 5ª Avenida e ver uma escada helicoidal toda em vidro curvo é de tirar o fôlego.

Esse ano nós fomos a Big Apple e escolhemos alguns lugares que visitamos que vale a pena ir:

HIGH LINE PARK – PARQUE SUSPENSO COM MUITO VERDE E ARTE.

O High Line Park é um jardim suspenso no meio de Manhattan, localizado numa ferrovia elevada de 2,3 quilômetros de extensão ligando mais de 20 quarteirões.

Na década de 30 a ferrovia foi construída para transportar carnes para o lado oeste de Manhattan, com o tempo a ferrovia foi desativada, pois a maior parte do transporte era feito pelas rodovias.

Após 20 anos de o último trem ter passado na ferrovia, foi criado um projeto para transformar a ferrovia abandonada em um parque para o desenvolvimento e valorizaçãoda região. A última etapa foi inaugurada em setembro de 2014.

Em um passeio de aproximadamente duas horas caminhamos por uma passarela entre os prédios antigos que nos reporta aos famosos filmes de Hollywood, com seus acabamentos rústicos. Encontramos suntuosas edificações com arquitetura contemporânea.

 Um detalhe que nos chamou atenção foi o revestimento do piso com placas de concreto pré-moldadas.

Em todo o percurso temos áreas de descanso com bancos, área para fazer um lanche e até arquibancadas para simplesmente admirar as diversas paisagens urbanas, como arte de rua pintada nas fachadas dos prédios, esculturas e jardins.

IMG_7009

DSC08584

Estes mobiliários urbanos esbanjam design. É incrível!!!

 

IMG_7011

Tem um ponto em todo trajeto que até parece que você está em plena floresta. Um túnel verde que te abraça.

CHELSEA MARKET

Quando saímos de lá fomos ao Chelsea Market. É tipo um mercado “municipal” (rsrs) em um prédio onde funcionava uma antiga fábrica de biscoitos Oreo.

DSC08647

É um local sem luxo, com lugares para comer, sorveteria, lojas de biscoitos e doces, de temperos, queijos, roupas, livraria e até de objetos de decoração.

Da vontade de ficar muito tempo por lá para curtir mesmo o ambiente e provar novos sabores.

RESTAURANTE NOBU – FIFTY SEVEN

nobu-5705

Bar do Restaurante Nobu. Fonte: noburestaurants.com

 

O restaurante apresenta uma nova cozinha japonesa com a assinatura do Chef Nobu Matsuhisa. A comida é maravilhosa. Alguns pratos têm um toque de Jalapeño que dão um sabor inesquecível.

IMG_7482

Prato delicioso de Lagosta!!!Fonte:Acervo pessoal.

O lugar é lindo, com tom terroso e muitas texturas. No teto tem estruturas metálicas com formas orgânicas revestidas com um tipo de palha. Essas estruturas também estão como divisórias de ambientes.

nobu-57_v1_460x285

Mezanino do Restaurante. Fonte: noburestaurants.com

Vale muito a pena para quem quer provar uma comida japonesa com um toque diferente e apreciar o local.

PASSEIO NA BROOKLYN BRIDGE

Esse passeio é imperdível, pois você vê Manhattan de outro ângulo. O legal é atravessar no fim da tarde para ver o por do sol.

Outro detalhe é poder cruzar com gente do mundo inteiro, várias pessoas, crianças andando de bicicleta. No dia em que fomos lá encontramos um casal de noivos tirando fotos. Isso é Nova Iorque: uma mistura de povos.

DSC08677

Skyline de Manhattan vista da Brooklin Bridge. Fonte: Acervo pessoal.

Uma dica: faça a travessia no sentido Brooklyn – Manhattan. A ponte foi inaugurada em 1883 e foi a primeira do mundo suspensa por cabos de aço. O estilo arquitetônico é neogótico com sua principal característica nos arcos ogivais.

DSC08670

Destaque para os arcos ogivais. Fonte: Acervo pessoal

EATALY

É tipo um mercado onde só encontramos produtos de origem italiana. É um local que consegue atingir os seus cinco sentidos. Você encontra pães, massas frescas, queijos, presuntos, doces tipicamente italianos.

No Eataly tem várias opções de restaurante. Nós escolhemos o La Birreria, que fica no rooftop do complexo (cobertura). É bom ir num dia bonito, pois o espaço é aberto.

Birreria_RestaurantRotator01_840x398

Restaurante La Birreria na cobertura.Fonte: eataly.com

Importante: quando chegar lá reserve logo um lugar em alguns dos restaurantes, pois sempre são disputadíssimos.

KEENS STEAKHOUSE

Para quem gosta de uma boa carne esse é o lugar. É um restaurante tradicional e bem antigo. Além da ótima comida, há uma coleção com mais de quatro mil cachimbos distribuídos em todo o teto do restaurante para apreciar.

Destaque para o forro coberto por cachimbos. Fonte:1000thingsnyc.com.

Isso se deve ao fato de no passado existir um clube do cachimbo, onde na lista de sócios havia mais de 90 mil nomes, entre eles Teddy Roosevelt, Will Rogers, Billy Rose, Grace Moore, JP Morgan e Albert Einstein.

CARLO´S BAKERY

A loja original de Carlo’s Bakery do Cake Boss Buddy Valastro fica em Haboken, em New Jersey. Para quem gosta de ver bolos confeitados, doces e cupcakes é o lugar ideal. Fica a 40 minutos de metrô de Manhattan. O local é pequeno e com poucos lugares, mas possui uma atmosfera lúdica e agradável.

IMG_7783

IMG_7801

Gostaram das dicas? Conte-nos.